Diário Vira-Lata

Uma vira-lata chamada Gaya

Uma vira-lata chamada Gaya

Nos últimos dias eu aprendi muitas coisas novas.

A que mais me impressionou foi descobrir um sonho que muitas pessoas têm e não é ganhar na Mega-Sena ou ter a casa própria. É ter um dálmata!!! Seja lá o que isso signifique, fico um pouco apreensiva, pois, a primeira vez que eu ouvi isso, foi quando eu fui retirada de perto dos meus irmãos e levada para uma casa onde eu era invisível.

Vivi intermináveis 8 meses num quintal, jogada e esquecida. Diz o veterinário que me examinou que eu sou pequena devido, principalmente, à falta de alimentação adequada. Deve ser verdade já que, na minha antiga casa, eu comia bem pouco, só quando vizinhos ou pessoas que passavam na rua jogavam comida pra mim.

Mas agora isso acabou! Eu tenho um novo nome, lindo por sinal, que é Gaya, eu estou muito feliz e saudável, vivendo em outro lugar, mesmo que temporariamente, pois vão escolher um novo lar para mim.

Vou contar um segredo: eu penso na minha nova família todos os dias. Fiquei sabendo que existem muitas pessoas interessadas na minha adoção – o que, claro, faz com que eu fique muito animada e também me sinta… aquele sentimento novo… ah é, amada! Apesar dessa alegria, vejo que outros bichinhos não têm a mesma sorte e, diz a pessoa que está cuidando de mim, que é porque eles não têm raça. Aí eu me pergunto: como um cão que sofreu tanto e continua acreditando, amando as pessoas, pode não ter raça? O que isso significa afinal?

Enquanto as pessoas considerarem os bichinhos como objeto, não tem solução. Por exemplo, eu, mesmo sendo Dálmata, fui comprada, juraram amor a mim e, no entanto, fui deixada de lado, eu era apenas um enfeite de jardim. A moça quem está cuidando de mim, recebeu diversas mensagens de pessoas que me querem dessa mesma forma e, pelo que sei, até disseram pra ela “reserva a Gaya pra mim”, “Você teria outras raças?” e “Tem quantas pessoas na minha frente?”, gostaria de avisar que eu tenho vida, sentimentos e não sou qualquer coisa a ser vendida ou leiloada. Por tudo isso, é que leva tanto tempo escolher minha nova casa. Apesar da minha ansiedade, tenho que ter paciência, afinal vão decidir meu novo futuro, minha nova vida, minha felicidade.

Uma vira-lata chamada Gaya…

You Might Also Like